Meu Twitter

sexta-feira, 26 de maio de 2017

26 de maio - Devocional Diário CHARLES SPURGEON #147

26 de Maio - Força para esperar

quinta-feira, 25 de maio de 2017

25 de maio - Devocional Diário CHARLES SPURGEON #146

25 de Maio - O propósito de Deus nos desvios

quarta-feira, 24 de maio de 2017

24 de maio - Devocional Diário CHARLES SPURGEON #145

24 de Maio - O fundamento da sua segurança

terça-feira, 23 de maio de 2017

23 de maio - Devocional Diário CHARLES SPURGEON #144

23 de Maio - Cristo vale a pena?

segunda-feira, 22 de maio de 2017

22 de maio - Devocional Diário CHARLES SPURGEON #143

22 de Maio - Jesus conhece as suas ovelhas

domingo, 21 de maio de 2017

21 de maio - Devocional Diário CHARLES SPURGEON #142

21 de Maio - Deus trabalha para você

sábado, 20 de maio de 2017

20 de maio - Devocional Diário CHARLES SPURGEON #141

20 de Maio - Como odiar a sua vida

sexta-feira, 19 de maio de 2017

19 de Maio - O que faz Jesus exultar

quinta-feira, 18 de maio de 2017

GRATIDÃO, UM TRIBUTO AO DEUS DA NOSSA VIDA.

18 de Maio - A luz além da luz

quarta-feira, 17 de maio de 2017

17 de Maio - Por que nós amamos a Deus

terça-feira, 16 de maio de 2017

16 de Maio - O amor mais livre

segunda-feira, 15 de maio de 2017

15 de Maio – O que é mansidão?

domingo, 14 de maio de 2017

14 de Maio - Ideias têm consequências

sábado, 13 de maio de 2017

13 de Maio - No início de tudo

quarta-feira, 10 de maio de 2017

10 de Maio - Um povo para o seu nome

terça-feira, 9 de maio de 2017

9 de Maio - O que significa amar a Deus

segunda-feira, 8 de maio de 2017

8 de Maio - Satisfeito com seus preceitos

domingo, 7 de maio de 2017

7 de Maio - Não sirva a Deus

sábado, 6 de maio de 2017

Grupo Elo - Ouvi Dizer [Álbum Completo] (1979)

Grupo Elo - Calmo, Sereno, Tranquilo [Álbum Completo] (1976)

6 de Maio - Conhecimento mais verdadeiro produz maior alegria

DIP 2017 - Perder a vida para ganhar a Cristo

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Benefícios da Aveia


Benefícios da Aveia

Benefícios da Aveia

A aveia é um cereal muito nutritivo, que possui cálcio, ferro, proteínas, vitaminas (especialmente do grupo B e E), carboidratos e fibras.

Dentre tantas substâncias positivas para a saúde, as fibras solúveis merecem destaque, pois estão relacionadas a um bom funcionamento intestinal, à diminuição na absorção de colesterol total e LDL-colesterol e sua manutenção em níveis adequados. A aveia contém uma combinação certa de proteínas e carboidratos que mantém a saciedade.

Porém, para ser eficiente a aveia tem que ser consumida todos os dias.

A aveia contribui para melhorar o bom funcionamento do organismo e é aconselhável como preventivo para muitas doenças e para a manutenção da saúde de diversos órgãos do corpo.

Os flocos de aveia contêm uma boa quantidade de proteína em comparação com outros tipos de cereais. A aveia também contêm fitoquímicos que fornecem uma proteção contra várias doenças crônicas. Um equilíbrio saudável de ácidos graxos proporciona longevidade e boa saúde. Contém vitaminas e minerais essenciais, como o ácido fólico, Vitamina E e Tiamina. Estudos revelaram que o betaglucano contido em flocos de aveia tem a capacidade de controlar as infecções bacterianas no corpo e impedí-las de crescer. Simplificando, a aveia em flocos aumenta a imunidade, facilitando assim uma boa saúde geral e longevidade.

Benefícios da Aveia
Benefícios da Aveia

Contém aminoácidos que estimulam a produção de lecitina no fígado, favorecendo a depuração completa das toxinas do organismo. Consumir aveia é bom para limpar as paredes das artérias, já que a fibra vai “varrendo” os depósitos de gordura que vão se acumulando nos vasos e que podem gerar problemas cardíacos.
Os flocos de aveia são ricos em beta-glucano, uma fibra solúvel que se transforma em gel durante o processo de digestão. Este gel aumenta a viscosidade dos alimentos no estômago e intestino delgado. Como resultado, ele diminui o período de digestão, resultando, assim, numa absorção prolongada de hidratos de carbono. Desta forma, controla os níveis de açúcar no sangue.
Ajuda na digestão saudável através das fibras insolúveis. Estas fibras funcionam movendo o alimento através do intestino para ajudar a tratar a constipação. A fibra nos flocos de aveia facilita o funcionamento regular e saudável do intestino.
Uma alimentação suplementada com aveia garante uma diminuição no nível de colesterol e, por consequência, protege contra doenças cardiovasculares. Esse efeito benéfico do cereal acontece porque a aveia atrapalha fisicamente a absorção de diferentes tipos de gordura no intestino e, por isso, impede sua transformação em colesterol.
Comer uma porção de flocos de aveia todos os dias pode facilitar o controle dos níveis de pressão arterial. Isto também ajuda a reduzir a necessidade de medicação hipertensiva em certos casos. A pressão arterial elevada pode representar sérios riscos à saúde.
Benefícios da Aveia
Como consumir a aveia?

A aveia pode ser encontrada em flocos (grossos ou finos), farelo e farinha. O farelo de aveia é o tipo mais nutritivo e rico em β-glucana. É recomendado de 1 a 2 colheres de sopa diariamente.

A aveia pode ser consumida com água, sucos, leite, frutas, iogurtes, e em alimentos feitos de aveia como biscoitos e pães.

Leite de Aveia

Benefícios da Aveia
O leite de aveia serve como fonte de nutrientes importantes e necessários para o funcionamento adequado do organismo humano. A lista inclui componentes como carboidratos, fibras, proteínas, cálcio, fósforo, ferro, manganês, potássio, vitamina A, vitaminas do complexo B e vitamina E. A bebida, inclusive, é uma alternativa de variedade de leite para os adeptos do estilo de vida vegano, que não permite o consumo de alimentos e bebidas que tenham origem animal.

Ingredientes

1 xícara de aveia
2 xícaras de água
1 colher de chá de extrato de baunilha
Deixar a aveia de molho na água por, no mínimo, uma hora. Colocar a aveia com a água e a baunilha no liquidificador e bater. Coar com o auxílio de um pano fino ou peneira e armazenar na geladeira. Dura até três dias.

Onde Comprar Aveia?

A aveia pode ser encontrada em lojas de produtos naturais. Para compra pela Internet, minha recomendação é a Natue. Eles têm uma grande variedade de produtos naturais, incluindo aveia.

E você, costuma incluir a aveia na sua alimentação?

Benefícios da Linhaça


Benefícios da Linhaça

Benefícios da Linhaça

A linhaça é um alimento completo e que, por sua riqueza, não deve faltar na nossa alimentação. Ela auxilia o sistema digestivo e o funcionamento do intestino, e consequentemente deixa a pele mais bonita. A linhaça tem propriedades nutricionais básicas e preventivas — graças aos componentes antioxidantes e anticancerígenos. Além disso, é um poderoso desintoxicante.

É composta de 41% de gordura, 28% de fibras, 21% de proteína e 6% de outros carboidratos (entre eles: açúcares, ácidos fenólicos, lignana e hemicelulose). No entanto, essa gordura tem uma quantidade enorme de ácidos graxos do tipo ômega 3 (usados no combate a obstruções em artérias, responsáveis por doenças do coração).

Na casca da linhaça encontra-se uma mistura de minerais, proteínas e vitaminas. A vitamina E ajuda no funcionamento celular, por isso afasta o envelhecimento precoce e as doenças degenerativas.

Lignana

Um dos principais destaques da linhaça é uma substância chamada lignana, que exerce o mesmo papel do estrógeno. Nesse sentido, a semente de linhaça atua de forma parecida com a soja, que possui a isoflavona e fitoesteróide que imita o hormônio feminino.

A lignana atua também na apoptose celular — um mecanismo de defesa que provoca a destruição das células defeituosas (no caso de um câncer, é justamente esse mecanismo de autodestruição que costuma não funcionar).

Benefícios da Linhaça
Diferença entre Linhaça Dourada e Linhaça Marrom

Do ponto de vista nutricional, não há diferença entre os dois tipos: contêm as mesmas quantidades de ômega 3, fibras, vitaminas, minerais, ômega 6 e lignana. A linhaça marrom é produzida em qualquer ambiente, por este motivo ela é mais fácil de encontrar e mais barata. Já a dourada é produzida em ambientes frios, por isso ela tende a conservar melhor as propriedades. Outro ponto positivo da linhaça dourada é que é mais pura: dificilmente terá agrotóxicos, outro motivo por que é mais cara.

Ômega-3 e Ômega-6

Essas duas gorduras atuam juntas e são ótimas para o coração porque ajudam a baixar a taxa de LDL, o mau colesterol. E mais: o ômega-3 é anti-inflamatório, ajuda o corpo a estocar menos gordura e reduz o apetite. Em combinação com a vitamina E, presente no alimento, o ômega-3 e o ômega-6 previnem contra o envelhecimento da pele.

→ Saiba mais sobre os Ômegas 3, 6 e 9.

Benefícios da Linhaça
Por que se deve triturar as sementes de linhaça?

Ainda que as sementes de linhaça colocadas de molho na água sejam um ótimo laxante natural, a linhaça precisa de fato ser moída para que todos seus nutrientes sejam aproveitados.

As sementes possuem uma casca muito espessa, que dificilmente será rompida durante a mastigação, e provavelmente irá atravessar o sistema digestivo intacta. Para que isso não ocorra e todos os nutrientes — principalmente o óleo contido nas sementes — seja bem aproveitado, sempre opte por consumir a linhaça triturada.

Benefícios da Linhaça

Os ácidos graxos da linhaça atuam sobre o metabolismo, aumentando a queima de gordura e facilitando a perda de peso. Auxilia no emagrecimento porque ajuda no funcionamento dos rins, que passam a excretar água e sódio em excesso de maneira mais eficiente, o que colabora para a diminuição do inchaço.
Diminui os sintomas da TPM e da menopausa, pois tem boas quantidades de isoflavona, fitoesteroide e lignana, que controlam os hormônios femininos. Também é benéfica para saúde da pele e dos cabelos.
Boa para glicemia, pois não contém carboidratos e ainda por cima auxilia no controle das taxas de açúcar no sangue. Além disso, o consumo habitual de farinha de linhaça pode aumentar a sensibilidade à insulina, o que pode evitar ou auxiliar no controle da diabete.
A linhaça ajuda a reduzir as taxas de LDL, o colesterol ruim, a linhaça também conseguiu aumentar os níveis de HDL, o bom colesterol. Esse efeito da farinha de linhaça se deve, em parte, ao fato da semente aumentar os níveis de apolipoproteína A1, que é exatamente a maior proteína encontrada no HDL.
Um dos benefícios da linhaça é seu grande potencial anti-inflamatório. Essa capacidade se deve à presença dos antioxidantes, que evitam e combatem o estresse oxidativo, responsável pelo aparecimento de inflamações e uma série de doenças como artrite, colite e outras inflamações.
Ao melhorar os números do colesterol, reduzir as inflamações e combater a obesidade, a linhaça torna-se um dos maiores aliados do coração e de todo o sistema cardiovascular. Níveis menores de colesterol, triglicerídeos e menos inflamação se traduz em vasos sanguíneos desobstruídos e um coração sadio, com batimentos regularizados e sem arritmias.
Como consumir a Linhaça

Linhaça
Deve-se sempre consumir a linhaça moída, pois assim facilita a absorção de seus nutrientes. Na casca dela se concentram proteínas, vitaminas e minerais. Mas, como a casca é muito dura, nosso aparelho digestivo não aproveita bem os nutrientes quando ingerimos a semente inteira. Por isso, a linhaça em forma de farinha é sim mais benéfica.

Para preparar a linhaça moída, bata-a em um liquidificador ou mixer. Não há necessidade que ela vire pó. Depois, ela pode ser guardada na geladeira em um vidro limpo e seco bem fechado. Consuma em até mais ou menos uma semana.

É aconselhável tomar uma colher de sopa por dia, podendo ser a qualquer hora do dia. Se a intenção é ter um bom funcionamento do intestino, tome em jejum; pode ser com água ou com qualquer líquido de sua preferência.

Leite de Linhaça

Benefícios da Linhaça
O leite de linhaça é uma boa opção de leite vegetal, tanto para quem tem intolerância à lactose, quanto para veganos, vegetarianos, ou para aqueles que querem uma opção a mais de ingrediente para suas dietas.

O leite de linhaça não contém colesterol ou lactose. Assim, ele é mais saudável para o coração e para quem tem intolerância ou alergia à lactose. Os ácidos graxos ômega-3 do óleo de linhaça prensado a frio são preservados no leite de linhaça, ajudando na prevenção de doenças. O leite de linhaça é fortificado com vitaminas e minerais, incluindo vitaminas A, B12, e vitamina D. Além disso, é também enriquecido com cálcio. Isso tudo com baixas calorias e sem gorduras trans.

Como fazer o leite de linhaça?

Ingredientes:

½ xícara de sementes de linhaça deixadas de molho – a semente utilizada pode ser tanto a dourada quanto a marrom, já que os dois tipos possuem os mesmos valores nutricionais;
3 xícaras de água filtrada – quantidade de água aproximada para deixar o leite cremoso;
1 colher de sopa de extrato de baunilha (opcional).
Modo de preparo:

Lave meia xícara de sementes de linhaça e deixar escorrer. Armazene-as em um recipiente de vidro com tampa. Antes de fechar o pote, adicione água filtrada. Tampe o recipiente e leve à geladeira. Deixe ali durante aproximadamente 12 horas. Na sequência, você deve acrescentá-la ao liquidificador. Adicione também as três xícaras de água e o extrato de baunilha e bata bem. Em seguida, coe em uma peneira bem fininha.

Óleo de Linhaça

Benefícios da Linhaça
O óleo de linhaça é um dos alimentos mais ricos em Omega 3 e Omega 6. A alta taxa de Omega 3 faz da linhaça um alimento de caráter preventivo à saúde, sendo um importante agente antioxidante e renovador celular. É um ácido graxo essencial que oferece vários benefícios à saúde. Ele favorece o metabolismo da gordura e a produção de energia, regulando as funções celulares e a cicatrização dos tecidos. Os ácidos graxos essenciais são imprescindíveis para o corpo humano; por isso, procure incorporar esse precioso alimento na sua dieta. É preciso tomar cuidado quando comprar o óleo — é preciso que seja de boa procedência, sem misturas e aditivos. O maior problema desse óleo é que ele se oxida muito facilmente.

Você costuma esfoliar a pele? Saiba como fazer


Você costuma esfoliar a pele? Saiba como fazer

Você costuma esfoliar a pele? Saiba como fazer

A esfoliação ajuda na renovação celular da pele, pois serve para eliminar as células mortas de sua superfície. O resultado é uma pele mais macia, uniforme, lisinha, sedosa e pronta para hidratação.

Além de proporcionar a renovação celular, a esfoliação melhora a aparência das marcas, manchas, acnes, aspereza e estimula a produção de células novas com mais colágeno, tornando a pele mais hidratada.

Os produtos esfoliantes apresentam diversas versões tais como: cremes, sabonetes (líquidos e em barra), misturas com óleos corporais, buchas de banho e até cremes em gel.

As partículas que promovem a esfoliação da pele também variam, podendo ser de origem vegetal — como as de sementes de bambu e linhaça — ou sintéticas: cada uma podendo ser mais ou menos abrasivas conforme o local a ser esfoliado. Além dos esfoliantes prontos e industriais, existem várias opções de esfoliantes caseiros.

A esfoliação, por remover as células mortas, leva a uma renovação celular, o que ajuda a manter o tecido mais jovem. Ela deixa a pele mais macia e preparada para a aplicação de um hidratante, antirrugas, ou outro produto. Ou seja, além de estimular a pele, é também uma boa preparação para os cuidados com cosméticos.

Como fazer a esfoliação?

A esfoliação é um procedimento importante para a pele do corpo e rosto e deve ser feita de 1 vez por semana ou a cada 15 dias. Além do rosto e do corpo, pés e mãos também podem ser esfoliados, mas com menos frequência. Passe o esfoliante na pele úmida e faça movimentos circulares e suaves na pele. Faça um pouco de pressão; mas cuidado para não machucar a pele. Enxágue bem com água morna. Passe um hidratante. Evite fazer a esfoliação após depilação.

Indicação da Esfoliação

A esfoliação é mais indicada para peles oleosas, pois ela elimina as células mortas e retira a oleosidade, podendo até deixar a pele mais ressecada. As peles normais e secas também podem fazer a esfoliação, porém é preciso hidratar bem a pele após o procedimento.

Esfoliação Facial

Você costuma esfoliar a pele? Saiba como fazer
A esfoliação do rosto é essencial para manter a pele sempre bonita, macia e hidratada. Usar esfoliantes é muito importante para evitar pêlos encravados, cravos, espinhas e oleosidade excessiva da pele. Elimina as células mortas e melhora a aparência da pele.

Receita caseira para o rosto

Ingredientes:

1 colher de chá de farelo de aveia
1 gota de óleo essencial de limão
1 colher de chá de creme hidratante
Misture os ingredientes e aplique no rosto inteiro com movimentos circulares, esfoliando levemente e de forma breve (não fique com o esfoliante em ação por muito tempo). Enxágue bem o rosto. Passe um hidratante e, se for durante o dia, não se esqueça do protetor solar.

Esfoliação Corporal

Você costuma esfoliar a pele? Saiba como fazer
É importante fazer a esfoliação corporal no período de tratamentos estéticos contra celulite e gordura localizada. Pode-se utilizar a esfoliação corporal também para depilações (3 dias antes e 3 dias depois) para evitar que os pelos encravem.

No verão, esfolie a pele do corpo 1 vez por semana para o bronzeado ficar mais bonito e uniforme. No inverno, é bom diminuir a frequência para que a pele não perca a camada de gordura natural que protege a pele do frio. A melhor hora para fazer a esfoliação corporal é na hora do banho.

Receita caseira para o corpo

Ingredientes:

1 colher de sopa de açucar mascavo
1 colher de sopa de mel
1 colher de sopa de óleo de amêndoas
1 colher de sopa de água
Misture os ingredientes e aplique no corpo com movimentos circulares, esfoliando levemente e de forma breve. Enxágue bem. Enxugue a pele e passe um hidratante corporal.

Esfoliação dos Pés

Você costuma esfoliar a pele? Saiba como fazer
A esfoliação dos pés pode ser feita 1 vez por semana. No inverno essa frequência pode diminuir. Esfoliar os pés ajuda a evitar o ressecamento e rachaduras. Esfolie apenas a planta dos pés, nunca a parte de cima.

Receita caseira para os pés

Ingredientes

1 colher de chá de sal
1 colher de chá de fubá
1 colher de sopa de óleo de amêndoas
1 colher de chá de mel
Misture os ingredientes e aplique nos pés com movimentos circulares, esfoliando principalmente a sola do pé. Enxágue bem. Enxugue os pés e passe um hidratante.

Esfoliação das Mãos

Você costuma esfoliar a pele? Saiba como fazer
Você costuma esfoliar as mãos? Manter as mãos macias e hidratadas é um desafio. Elas estão sempre em contato com produtos químicos, água, vento, sol e outros agentes que prejudicam a manutenção de uma pele macia. A esfoliação das mãos também é importante, pois ela fica mais macia e lisinha, pronta para receber a hidratação.

Receita caseira para as mãos

Ingredientes

1 colher de chá de pó de café
1 gota de óleo essencial de limão
1 colher de chá de creme hidratante
Misture os ingredientes e aplique nas mãos com movimentos circulares, esfoliando levemente e massageando bem as mãos. Enxágue bem. Passe um hidratante.


E você, costuma esfoliar a pele? Gosta de receitas caseiras? Ou prefere comprar o esfoliante pronto…

5 de Maio - Sete fontes de alegria

quinta-feira, 4 de maio de 2017

4 de Maio - Um motivo perigoso

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Principais Pontos do Projeto da Reforma Trabalhista

Principais pontos do projeto da Reforma Trabalhista

Férias - As férias poderão ser parceladas em três vezes ao longo do ano;

Horas extras - Será permitido, desde que haja acordo, que o trabalhador faça até duas horas extras por dia de trabalho;

Contribuição sindical - A contribuição sindical, hoje obrigatória, passa a ser opcional;

Banco de horas - Patrões e empregados podem negociar, por exemplo, jornada de trabalho e criação de banco de horas;
Multa por ausência de registro - Haverá multa de R$ 3 mil por trabalhador não registrado. No caso de micro e pequenas empresas, o valor cai para R$ 800.

Home office - O trabalho em casa (home office) entra na legislação e terá regras específicas, como reembolso por despesas do empregado;

Má-fé - Juízes poderão dar multa a quem agir com má-fé em processos trabalhistas.

Negociado sobre o legislado

Veja, abaixo, pontos que poderão se sobrepor à lei quando houver acordo entre empresários e trabalhadores:
Pacto quanto à jornada de trabalho, observados os limites constitucionais;

Banco de horas anual;

Intervalo intrajornada, respeitado o limite mínimo de trinta minutos para jornadas superiores a seis horas;

Adesão ao Programa Seguro-Emprego

Plano de cargos, salários e funções
Regulamento empresarial;

Representante dos trabalhadores no local de trabalho;
"Teletrabalho”, ou home office e trabalho intermitente;
Remuneração por produtividade, incluídas as gorjetas e remuneração por desempenho individual;
Modalidade de registro de jornada de trabalho;
Troca do dia de feriado;
Enquadramento do grau de insalubridade;
Prorrogação de jornada em ambientes insalubres, sem licença prévia do Ministério do Trabalho;
Prêmios de incentivo em bens ou serviços;
Participação nos lucros ou resultados da empresa.
Veja, abaixo, as hipóteses nas quais não será permitida, por acordo coletivo, supressão ou redução dos seguintes direitos:
Normas de identificação profissional, inclusive as anotações na Carteira de Trabalho e Previdência Social;
Seguro-desemprego, em caso de desemprego involuntário;
Valor dos depósitos mensais e da indenização rescisória do FGTS;
Salário-mínimo;
Valor nominal do décimo terceiro salário;
Remuneração do trabalho noturno superior à do diurno;
Proteção do salário na forma da lei;
Salário-família;
Repouso semanal remunerado;

Remuneração do serviço extraordinário superior, no mínimo, em 50% à do normal;
Número de dias de férias devidas ao empregado;
Gozo de férias anuais remuneradas com, pelo menos, um terço a mais do que o salário normal;

Licença-maternidade com a duração mínima de 120 dias, com extensão do benefício à funcionária que adotar uma criança;
Licença-paternidade nos termos fixados em lei;
Proteção do mercado de trabalho da mulher, mediante incentivos específicos;
Aviso prévio proporcional ao tempo de serviço, sendo no mínimo de 30 dias;

Normas de saúde, higiene e segurança do trabalho;
Adicional de remuneração para as atividades penosas, insalubres ou perigosas;
Aposentadoria;

Seguro contra acidentes de trabalho, a cargo do empregador;
Ação, quanto aos créditos resultantes das relações de trabalho, com prazo prescricional de cinco anos para os trabalhadores urbanos e rurais, até o limite de dois anos após a extinção do contrato de trabalho;

Proibição de qualquer discriminação no tocante a salário e critérios de admissão do trabalhador com deficiência
Proibição de trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de 18 anos e de qualquer trabalho a menores de 16 anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de 14 anos;
Medidas de proteção legal de crianças e adolescentes;
Igualdade de direitos entre o trabalhador com vínculo empregatício permanente e o trabalhador avulso;
Liberdade de associação profissional ou sindical do trabalhador;
Direito de greve;

Definição legal sobre os serviços ou atividades essenciais e disposições legais sobre o atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade em caso de greve;
Tributos e outros créditos de terceiros;
Proibição de anúncio de emprego que faça referência a sexo, idade, cor ou situação familiar, salvo quando a natureza da atividade exigir, além da vedação a recusa de emprego, promoção ou diferença salarial motivadas por essas características;

Proibição de que o empregador exija atestado para comprovação de esterilidade ou gravidez, além de proibição da realização de revistas íntimas em funcionárias;
Proibição de que uma mulher seja empregada em serviço que demande força muscular superior a 20 quilos para o trabalho contínuo, ou 25 quilos para o trabalho ocasional;
Autorização para mulher romper compromisso contratual, mediante atestado médico, se este for prejudicial à gravidez;
Repouso remunerado de duas semanas em caso de aborto não criminoso;

Dois descansos diários de meia hora cada para mulheres lactantes com filho de até seis meses;
Exigência de que os locais destinados à guarda dos filhos das operárias durante o período da amamentação deverão possuir, no mínimo, um berçário, uma sala de amamentação, uma cozinha dietética e uma instalação sanitária.

Outras mudanças

Veja outras alterações propostas pelo projeto:

Férias em três etapas - Atualmente, as férias podem ser tiradas em dois períodos, desde que um deles não seja inferior a 10 dias corridos. Pelo novo texto, desde que o empregado concorde, as férias poderão ser usufruídas em até três períodos, sendo que um deles não poderá ser inferior a 14 dias corridos e os demais não poderão ser menores do que 5 dias corridos, cada um. Também fica vedado o início das férias no período de dois dias que antecede feriado ou dia de repouso semanal remunerado.

Terceirização - O projeto propõe uma série de salvaguardas para o trabalhador terceirizado. Em março, o presidente Michel Temer sancionou uma lei que permite a terceirização para todas as atividades de uma empresa. O texto inclui uma espécie de quarentena, na qual o empregador não poderá demitir o trabalhador efetivo e recontratá-lo como terceirizado em um período de 18 meses. A empresa que recepcionar um empregado terceirizado terá, ainda, que manter todas as condições que esse trabalhador tem na empregadora-mãe, como uso de ambulatório, alimentação e segurança.
Contribuição sindical - Atualmente, o pagamento da contribuição sindical é obrigatório e vale para empregados, sindicalizados ou não. Uma vez ao ano, é descontado o equivalente a um dia de salário do trabalhador. Se a mudança for aprovada, a contribuição passará a ser opcional.

Multa - Pela legislação atual, o empregador que mantém empregado não registrado fica sujeito a multa de um salário-mínimo regional, por empregado não registrado, acrescido de igual valor em cada reincidência. Na reforma enviada pelo governo, o texto propõe multa de R$ 6 mil por empregado não registrado, acrescido de igual valor em cada reincidência. No caso de microempresa ou empresa de pequeno porte, a multa prevista é de R$ 1 mil. O texto prevê ainda que o empregador deverá manter registro dos respectivos trabalhadores sob pena de R$ 1 mil. No texto aprovado, foi reduzido o valor da multa para R$ 3 mil para cada empregado não registrado. No caso de micro e pequenas empresas, a multa será de R$ 800. Na hipótese de não serem informados os registros, ele reduziu a multa para R$ 600.

Jornada de trabalho - Hoje, a legislação não conta como jornada de trabalho o tempo gasto pelo trabalhador no deslocamento até o local de trabalho e na volta para casa, por qualquer meio de transporte. A exceção é quando o empregado usa transporte fornecido pelo empregador por ser um local de difícil acesso ou onde não há transporte público. O texto aprovado deixa claro que não será computado na jornada de trabalho o tempo que o empregado levar até “a efetiva ocupação do posto de trabalho” e não mais até o local de trabalho. Além disso, deixa de considerar como jornada de trabalho o tempo usado pelo empregado no trajeto utilizando meio de transporte fornecido pelo empregador “por não ser tempo à disposição do empregador”. Também não será computado como extra o período que exceder a jornada normal quando o empregado, por escolha própria, buscar proteção pessoal, em caso de insegurança nas vias públicas ou más condições climáticas, ou ficar nas dependências da empresa para exercer atividades particulares, como higiene e troca de roupa ou uniforme, quando não houver obrigatoriedade de realizar a troca na empresa.

Regime parcial - A lei em vigor considera trabalho em regime de tempo parcial aquele cuja duração não passe de 25 horas semanais. Pela legislação atual, é proibida a realização de hora extra no regime parcial. O projeto aumenta essa carga para 30 horas semanais, sem a possibilidade de horas suplementares por semana. Também passa a considerar trabalho em regime de tempo parcial aquele que não passa de 26 horas por semana, com a possibilidade de 6 horas extras semanais. As horas extras serão pagas com o acréscimo de 50% sobre o salário-hora normal. As horas extras poderão ser compensadas diretamente até a semana seguinte. Caso isso não aconteça, deverão ser pagas.

Regime normal - Em relação ao regime normal de trabalho, o texto mantém a previsão de, no máximo, duas horas extras diárias, mas estabelece que as regras poderão ser fixadas por “acordo individual, convenção coletiva ou acordo coletivo de trabalho”. Hoje, a CLT diz que isso só poderá ser estabelecido “mediante acordo escrito entre empregador e empregado, ou mediante contrato coletivo de trabalho”. Pela regra atual, a remuneração da hora extra deverá ser, pelo menos, 20% superior à da hora normal. O projeto votado na Câmara aumenta esse percentual para 50%.

Banco de horas - Hoje, a lei prevê a compensação da hora extra em outro dia de trabalho, desde que não exceda, no período máximo de um ano, à soma das jornadas semanais de trabalho previstas, nem seja ultrapassado o limite máximo de dez horas diárias. A regra é estabelecida por acordo ou convenção coletiva de trabalho. O texto apreciado prevê que o banco de horas poderá ser pactuado por acordo individual escrito, desde que a compensação ocorra no período máximo de seis meses. Além disso, poderá ser ajustada, por acordo individual ou coletivo, qualquer forma de compensação de jornada, desde que não passe de dez horas diárias e que a compensação aconteça no mesmo mês.

Jornada de 12 x 36 horas - Hoje, a Justiça autoriza a realização da jornada de 12 horas de trabalho alternados por 36 horas de descanso para algumas categorias. Esse tipo de jornada de trabalho é seguido por várias categorias, sendo observado o limite semanal de cada profissão em legislação específica. Com a reforma trabalhista, a jornada 12x36 passa a fazer parte da legislação. O texto também prevê que a remuneração mensal incluirá descanso semanal remunerado e descanso em feriados.
Trabalho remoto ou home office - Atualmente, não há previsão na legislação para o trabalho home office, como quando o empregado trabalha de casa. O texto da reforma inclui o trabalho em casa na legislação e estabelece regras para a sua prestação. Ele define, por exemplo, que o comparecimento às dependências do empregador para a realização de atividades específicas que exijam a presença do empregado no estabelecimento não descaracteriza o regime de trabalho remoto. Deverá haver um contrato individual de trabalho especificando as atividades que serão realizadas pelo empregado. O contrato também deverá fixar a responsabilidade sobre aquisição, manutenção ou fornecimento dos equipamentos, além da infraestrutura necessária, assim como ao reembolso de despesas arcadas pelo empregado. As utilidades não poderão integrar a remuneração do empregado.
Mulheres e trabalho insalubre - Atualmente, a lei proíbe que mulheres grávidas ou lactantes trabalhem em ambientes com condições insalubres. O texto apreciado na Câmara prevê que a empregada gestante seja afastada das atividades consideradas insalubres em grau máximo enquanto durar a gestação. Quando o grau de insalubridade for médio ou mínimo, ela poderá apresentar atestado de saúde, emitido por um médico de confiança da mulher, que recomende o afastamento dela durante a gestação. No caso da lactação, ela também poderá apresentar atestado de saúde para ser afastada de atividades consideradas insalubres em qualquer grau. O projeto garante que, durante o afastamento, não haverá prejuízo da remuneração da mulher, incluindo o valor do adicional de insalubridade. Quando não for possível que a gestante ou a lactante afastada exerça suas atividades em local salubre na empresa, a situação será enquadrada como gravidez de risco e ela poderá pedir auxílio-doença.

Dano extrapatrimonial - O texto inclui na legislação trabalhista a previsão do dano extrapatrimonial, quando há ofensa contra o empregado ou contra a empresa. São consideradas passíveis de reparação quando, no caso da pessoa física, por exemplo, houver ofensa à honra, imagem, intimidade, liberdade de ação ou saúde. No caso da pessoa jurídica, quando houver ofensa à imagem, marca, nome, segredo empresarial e sigilo da correspondência. Caberá ao juiz fixar a indenização a ser paga.

Trabalhador autônomo - O texto da reforma deixa claro que a contratação do autônomo, com ou sem exclusividade, de forma contínua ou não, afasta a qualidade de empregado.

Trabalho intermitente - Sobre o contrato individual de trabalho, o texto mantém que ele poderá ser acordado verbalmente ou por escrito, por prazo determinado ou indeterminado, mas inclui a previsão para que o trabalho seja prestado de forma intermitente, que permite a contratação de funcionários sem horário fixo de trabalho. O contrato deverá ser por escrito e conter especificamente o valor da hora de trabalho, que não pode ser inferior ao valor-horário do salário mínimo ou àquele pago aos demais empregados que exerçam a mesma função em contrato intermitente ou não. O empregado deverá ser convocado com, no mínimo, três dias corridos de antecedência. No período de inatividade, o trabalhador poderá prestar serviços a outros contratantes. Ao final de cada período de prestação de serviço, o empregado receberá o pagamento imediato das parcelas do salário, férias e décimo terceiro salário proporcionais. Também haverá o recolhimento da contribuição previdenciária e do FGTS. Nesse ponto, a pedido da categoria dos aeronautas, o projeto passou a definir que trabalho intermitente será proibido em casos de profissões regidas por legislação específica.

Sucessão empresarial - O projeto prevê que, no caso de sucessão empresarial ou de empregadores, as obrigações trabalhistas passam a ser de responsabilidade do sucessor.

Justiça do Trabalho - No texto, é definido maior rigor para a criação e alteração de súmulas, interpretações que servem de referência para julgamentos. Ficará definido na CLT como as súmulas poderão ser produzidas. Será exigida a aprovação de ao menos dois terços dos ministros do Tribunal Superior do Trabalho para que elas sejam editadas. Ainda assim, essa definição só poderá ser feita se a mesma matéria já tiver sido decidida de forma idêntica por unanimidade em pelo menos dois terços das turmas, em pelo menos dez sessões diferentes.

Má-fé - O texto estabelece punições para quem, seja o reclamante ou o reclamado, agir com má-fé em processos judiciais na área trabalhista. O juiz poderá dar condenação de multa, entre 1% e 10% da causa, além de indenização para a parte contrária. Será considerada de má-fé a pessoa que alterar a verdade dos fatos, usar o processo para objetivo ilegal, gerar resistência injustificada ao andamento do processo, entre outros.

Bread - Everything I Own (Traduzida)

3 de Maio - Como pedir perdão

terça-feira, 2 de maio de 2017

2 de Maio - Deus demonstra o seu amor

segunda-feira, 1 de maio de 2017

1º de Maio - Trapos imundos nunca mais