Meu Twitter

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Dicas para Manter Sua Boca Saudável


Dicas para Manter Sua Boca Saudável

Dicas para Manter Sua Boca Saudável
A boca é uma das principais portas de entrada de doenças em nosso organismo. Por isso, cuidar da saúde bucal é fundamental. Por ser nossa grande vitrine de saúde, deve ser tratada rapidamente em qualquer sinal de doença.

Saúde bucal não significa apenas a ausência de cáries ou gengivites, mas o equilíbrio que vai desde a manutenção de uma boca limpa à formação óssea correta. São vários fatores necessários para que este equilíbrio seja atingido.

A boca e os dentes desempenham um papel importante em nossa vida cotidiana. Tem um grande peso no aparato digestivo, bem como nos permitem saborear os alimentos e formar as palavras quando falamos, entre muitas outras funções. Além disso, o sorriso é a expressão facial que mais atrai as pessoas, e nele os dentes também desempenham um papel importante.

Uma higienização correta acompanhada de uma alimentação saudável é a dupla ação que é extremamente benéfica à saúde bucal.

Dicas para Manter Sua Boca Saudável
Higiene Dental

Para se ter um sorriso bonito e saudável, deve-se ter alguns hábitos adequados de higiene oral desde pequeno, através da escovação após cada refeição, e completando a higiene com a escovação da língua, assim como o uso diário do fio dental.

Escove os dentes sempre após as refeições.
Escove a língua, gengiva e a bochecha.
Passe o fio dental pelo menos uma vez ao dia.
Use enxaguante bucal de 2 a 3 vezes por semana.
Troque a escova dental a cada 4 meses.
Use uma escova macia e com o tamanho adequado para sua boca.
Faça uma limpeza eficiente a cada 6 meses no dentista para remover placas bacterianas e os tártaros.
Controle o crescimento da placa bacteriana.
As cáries devem ser tratadas o quanto antes, já que são um dos grandes inimigos dos nossos dentes. Tenha em mente que o dente não se regenera, por isso devemos prevenir que as cáries os destruam e deixem cicatrizes para sempre.

Dicas para Manter Sua Boca Saudável
Alimentação e a Saúde da Boca

A alimentação deve ser saudável, sem excesso de açúcares – Uma alimentação equilibrada, sem excessos, é sempre benéfica para a saúde geral. No caso particular da saúde oral, uma alimentação sem excessos de açúcar é fundamental. O principal é reduzir a freqüência de ingestão de alimentos açucarados.

Alimente-se de forma adequada, evitando o açúcar em excesso.
Ingira minerais como o cálcio para fortalecer os dentes.
Consuma grãos e alimentos ricos em fibras. O esforço da mastigação ajuda a levar as impurezas com mais facilidade.
Consuma maçã, manga, gengibre, abacaxi e limão. Estes alimentos ajudam a limpar os dentes.
Inclua a vitamina C na sua alimentação diária para evitar as doenças da gengiva.
Evite alimentos gordurosos, molhos, vinhos, sucos artificiais, refrigerantes, doces, condimentos fortes e cigarro — eles podem provocar cáries e prejudicar o esmalte dos dentes.
Dicas para Manter Sua Boca Saudável
Cuidado com as infecções bucais!

Fique muito atenta às infecções bucais. Dentes cariados, com tártaro, bolsas ao redor dos dentes, inflamações na gengiva são sinais de que há focos de infecções na boca. Se não forem tratados rapidamente esses microorganismos podem entrar na corrente sanguínea e afetar outros órgãos do corpo, causando doenças cardíacas, cardiorrespiratórias, dificultando o controle da glicemia, entre outras doenças bastante sérias.

10 Hábitos Saudáveis para sua Vida


10 Hábitos Saudáveis para sua Vida

10 Hábitos Saudáveis para sua Vida

Muitas vezes não temos tempo para cuidar da nossa saúde e bem-estar. Mas para um estilo de vida mais saudável, sempre precisaremos mudar nossas atitudes e termos mais consciência sobre nossas ações do dia a dia. Incluindo hábitos saudáveis, você mantém sua saúde física e mental, melhora a autoestima, ameniza os sintomas da depressão e da ansiedade, reduz o risco de doenças cardíacas e fortalece o organismo — enfim, aumenta sensivelmente sua qualidade de vida. Nosso corpo sempre reage de acordo com o tratamento que recebe. Existem alguns hábitos saudáveis simples que devemos cultivar. Seu corpo e sua mente agradecem!Abaixo estão algumas dicas, atitudes e passos que podem te ajudar nessa caminhada.

1. Mexa-se mais!

Dê prioridade às escadas: Subir as escadas tonifica os músculos da perna, em especial as panturrilhas e as coxas, além de garantir um ritmo cardíaco mais apto e desenvolvido. Incorpore a caminhada nas suas atividades, cuide da sua casa, faça sua própria comida. Enfim, sempre que possível, tenha um dia ativo. O exercício ajuda a aumentar a energia, reduzir o estresse e ainda mantém o peso sob controle.

10 Hábitos Saudáveis para sua Vida
2. Coma menos comida

Nosso corpo não precisa de tantas calorias assim. Comer menos não sobrecarrega o seu sistema digestivo, além de também melhorar o seu nível de energia. Comer menos também ajuda a controlar a ansiedade pelo açúcar. Inclua alimentos novos para tentar variar o máximo possível sua alimentação. O lema é comer de tudo e em pouca quantidade. Experimente!

3. Lave suas mãos e beba mais água

Essas são dicas simples, que quando são feitas pode fazer muita diferença na sua saúde. A maioria das pessoas toca os olhos ou nariz uma vez a cada três horas. Esse costume não é bom, pois cada esfregada pode transportar vírus. O ar seco suga a umidade do nariz e da garganta. A capacidade de afastar os vírus antes que eles dominem o seu corpo depende de um fluxo constante de secreções, que são auxiliadas pela água. Então não se esqueça de incluir a água e chás.

10 Hábitos Saudáveis para sua Vida
4. Priorize um bom sono

Cada vez mais se fala na importância de se ter um sono de qualidade. Dormir muito pouco (menos de cinco horas por dia) pode prejudicar até o coração. O sono é essencial para a saúde mental, a saúde da pele, para combater infecções e evitar a obesidade. Uma boa noite de sono proporciona clareza mental e energia para enfrentar o dia.

5. Previna-se contra doenças

É importante a realização de check-ups todos os anos. Para a mulher, é vital fazer a mamografia, considerando o alto índice de câncer de mama e a sua facilidade de tratamento quando o câncer é descoberto logo em seu estágio inicial. O homem precisa policiar-se, conforme a idade, em realizar o exame de próstata que apresenta as mesmas características do anterior: é facilmente tratável quando descoberto no começo. Fazer também os exames de sangue para se detectar doenças precocemente.

6. Aproveite o tempo no trânsito

Quando parada no trânsito, contraia os músculos abdominais, mantendo uma posição ereta da coluna. Esse exercício pode ajudar a definir o abdômen, ajudando a fazer aquela gordurinha indesejada ir embora. Aproveite esse tempo para escutar uma música ou até estudar na forma de áudios.

7. Separe um tempo para você

Mais do que apenas sua saúde física, é necessário que você descanse sua mente. E você tem diversas ferramentas à sua disposição, que vai desde a simples contemplação até ouvir um pouco de música. Menos de 15 minutos por dia de meditação é o suficiente para que você se sinta melhor.

10 Hábitos Saudáveis para sua Vida
8. Relaxe

Procure observar seu nível de estresse para que ele não acabe com sua saúde. O estresse pode causar úlceras, insuficiência cardíaca, contribuir para a hipertensão. Diversos estudos já ligaram o surgimento do câncer com o estresse. Leve a vida com mais leveza e bom humor. Isso não só afetará o ambiente em sua volta, mas também beneficiará sua saúde.

9. Seja mais organizado com suas coisas — e organize sua mente

Ninguém gosta de ser desorganizado, mas colocar ordem em tudo exige tempo. Porém, quando nos acostumamos, tudo fica mais fácil. Para ser mais organizado, aprenda a cuidar do seu espaço e gerenciar melhor o seu tempo para ter oportunidade de fazer tudo o que precisa. Você também pode tentar ser mais eficaz e conseguir cumprir mais objetivos de forma rápida. Por fim, todo esse processo também reduz o estresse e a ansiedade, dando a qualquer um uma sensação maior de controle do cotidiano.

10. Experimente o hábito da boa ação

Fazer boas ações não é somente ajudar quem é necessitado ou fazer algo fora do comum, mas sim alinhar suas ações para que elas sempre estejam criando algo positivo para você e para quem está ao seu lado. Viver de boas ações nos leva a um estado de pensamentos e energias mais positivas, o que consequentemente torna nossa vida mais saudável.

E você, tem algum hábito saudável? Compartilhe conosco!

sábado, 14 de outubro de 2017

Jubileu de ouro da Aliança_ Sábado Manhã

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Benefícios da Couve


Benefícios da Couve

Benefícios da Couve

A couve é uma hortaliça muito rica em minerais (cálcio, ferro e fósforo) e vitaminas (A, complexo B e C). Ela é excelente para combater problemas digestivos, enfermidades do fígado, cálculos renais, menstruação dolorosa, artrite, bronquite, além de curar úlceras estomacais. A couve pode ainda ser utilizada para evitar ressacas, aliviar a prisão de ventre (devido ao seu alto teor de fibras), evitar a má disposição e aliviar dores causadas pelas úlceras gástricas.

A couve é depósito formidável de iodo, devendo ser consumida regularmente por portadores de bócio ou papeira — doença originariamente produzida por deficiência na ingestão deste mineral.

O iodo da couve é constituinte essencial da glândula tireoide, participando na produção diária dos hormônios tiroxina (T4) e triodotironina (T3).

Couve: Equilíbrio entre Cálcio e Magnésio

A couve é um alimento mais adequado para os ossos que o leite de vaca. Além de ter cálcio e magnésio, ela carrega esses dois minerais na proporção adequada. O cálcio precisa do magnésio na medida certa para conseguir exercer suas funções; entre elas, formar a massa óssea.

O leite de vaca tem nove vezes menos magnésio e três vezes mais cálcio do que a proporção necessária. Isso faz com que o cálcio do leite tenha dificuldade de se fixar no nosso esqueleto. Esse desequilíbrio aumenta o risco de perda de massa óssea, daí o risco da osteoporose.

O magnésio ainda é parceiro do cálcio em várias outras tarefas: ajudar o corpo a se livrar do acúmulo de gordura, manter a pressão arterial sob controle, regular a ação de hormônios e controlar os movimentos dos músculos.

Na couve, o magnésio faz parte da clorofila – substância que dá a cor verde à folha e com potencial de renovar as células do nosso organismo. Quer dizer que a verdura tem mais essa vantagem: rejuvenesce.

Benefícios da Couve
Benefícios da Couve

Contém fibras que aumentam a nossa sensação de saciedade. É pobre em calorias e por isso, ela é muito utilizada em dietas para redução de peso.
Ela é rica em glicosinolatos, que são fitoquímicos naturais com ação desintoxicante; ou seja, estimula a limpeza de substâncias tóxicas do organismo.
Reduz o inchaço e melhora a textura da pele, principalmente da acne. É rica em vitamina A (RE), que age como um antioxidante. Os antioxidantes são responsáveis por combaterem os radicais livres que estão associados ao envelhecimento precoce da pele.
Deixa seus ossos mais fortes: a couve é rica em magnésio e cálcio na proporção ideal. Para melhorarmos a densidade óssea não basta somente o cálcio, precisamos também do magnésio (sem o magnésio o cálcio não exerce função dentro do osso)
O magnésio da couve é fundamental para a formação e o bom funcionamento dos nossos neurotransmissores, os quais são responsáveis por manter nosso bom humor.
A couve é fonte de minerais do complexo B como a niacina (vitamina B-3), ácido pantotênico (vitamina B-5), piridoxina (vitamina B-6) e riboflavina.
As folhas e caules são boas fontes de minerais como ferro, fósforo, cálcio, cobre, manganês, selênio, potássio e zinco.
É também fonte de vitamina E e proteína.
Benefícios da Couve
Suco de Couve

O suco de couve é um tônico mineralizante excelente para o organismo, além de atuar como vermífugo e estimulador do apetite. Apesar de o suco possuir um teor de calorias muito baixo, ele satisfaz a sensação de apetite. Sendo assim, pode ser recomendado para tratamento em obesos.

Suco de Couve com Laranja e Gengibre

Ingredientes

2 folhas de couve rasgadas (bem lavadas e com talos)
1 laranja descascada
1 pedaço de gengibre sem casca (1 cm)
água
Modo de fazer

Corte as laranjas em pedaços, tire as sementes e coloque no liquidificador. Junte a couve, o gengibre, a água e bata bem. Coe, e sirva em seguida. Veja outras opções de suco verde.

Benefícios da Couve
Polpa da Couve Congelada

Como a durabilidade da couve é pequena, o ideal é preparar cubos de couve concentrada para usar posteriormente.

Coloque no liquidificador ou na centrífuga um maço inteiro (inclusive os talos) de couve bem lavada e, de preferência, orgânica.
Acrescente um pouco de água filtrada e bata até formar um caldo grosso.
Coe, distribua em formas de gelo e coloque no freezer.
Depois de congelar, proteja a forma com filme plástico.
Use um ou dois cubos de couve congelada por dia para preparar seu suco. Bata ou deixe dissolver no suco de sua preferência e acrescente limão ou laranja.

Como consumir a couve?

A quantidade ideal para se obter dos benefícios e comer com moderação é de 5 folhas por dia, medida totalmente segura.

A melhor alternativa é comer a couve crua – no sentido de aproveitar melhor todos os seus nutrientes.

Caso a couve seja refogada, o aconselhável é que não passe muito tempo no fogo. A ideia é apenas saltear a couve rapidamente, sem ficar muito tempo no calor.

Atenção!

Apesar de todas as boas características e propriedades citadas, a couve é uma das verduras que mais contém resíduos de pesticidas. Procure consumir a couve orgânica. já que isso nos garante que sua produção cumpre com os mais altos níveis de qualidade, além de não afetar nossa saúde.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Cuidados com a Gengiva


Cuidados com a Gengiva

Cuidados com a Gengiva

Você costuma cuidar das suas gengivas? A prevenção de doenças da gengiva — também chamadas de periodontopatia — é fundamental para nossa saúde. Ter saúde bucal é importante tanto na aparência, autoestima, como na saúde geral de seu corpo. Além disso, uma boca saudável é também aquela que proporciona uma boa mastigação — que consequentemente trará uma boa digestão e uma melhor absorção dos nutrientes.

Placa Bacteriana

Na boca existem bactérias que ficam juntas e formam a chamada placa bacteriana. A placa bacteriana é a principal causa de cáries e das doenças da gengiva (gengivite e periodontite).

A placa bacteriana é uma película transparente que se forma sobre a superfície dos dentes e ao redor da linha das gengivas. Ela é composta por uma colônia de bactérias que decompõem o açúcar e os restos alimentares acumulados, produzindo ácidos que atacam os dentes e a gengiva.

Gengivite

Gengivite é uma inflamação da gengiva. A causa direta da doença é a placa bacteriana — aquela película viscosa e incolor de bactérias que se forma, de maneira constante, nos dentes e na gengiva.

Se a placa não for removida pela escovação e uso do fio dental diário, ela produz toxinas (ácidos) que irritam a mucosa da gengiva causando a gengivite. Neste estágio inicial da doença gengival, os danos podem ser revertidos, uma vez que o osso e o tecido conjuntivo que segura os dentes no lugar ainda não foram atingidos. Entretanto, se a gengivite não for tratada, ela pode evoluir para uma periodontite e causar danos permanentes aos dentes.

Os sintomas clássicos da gengivite incluem gengiva vermelha, inchada e sensível que pode sangrar durante a escovação. Outro sintoma é o recuo ou retração da gengiva, conferindo aos dentes uma aparência alongada. A doença gengival pode formar bolsas entre os dentes e a gengiva, onde se acumulam restos de comida e placa. Algumas pessoas têm mau hálito frequente ou sentem gosto ruim na boca, mesmo se a doença não estiver em estágio avançado.

Como posso prevenir a gengivite?

Uma boa higiene bucal é essencial. A limpeza profissional também é extremamente importante, pois uma vez que a placa se acumule e endureça (ou torne-se tártaro), apenas o dentista pode removê-la.

Cuidados com a Gengiva
Tratamento e Prevenção

Escovação correta e uso apropriado do fio dental para remover placa e restos de alimentos
Alimentação correta para garantir nutrição adequada
Evitar cigarros e outras formas de tabaco
Ir ao dentista regularmente
Periodontite

A placa bacteriana, com o tempo, poderá se mineralizar, formando o chamado tártaro ou cálculo gengival. Juntos, a placa e o tártaro deslocam as gengivas através da destruição das fibras gengivais. Se não for tratado, a estrutura óssea que sustenta o dente poderá se comprometer e, em longo prazo, poderá ocorrer a perda do elemento dental. Esse abalo da estrutura óssea é denominado de periodontite.

São sinais da periodontite:

Inflamação persistente
Reabsorção (perda) óssea
Presença de bolsas periodontais
Presença de pus
Mau hálito
Na periodontite dificilmente o paciente vai sentir dor. Justamente por este motivo, não se percebe a destruição que está ocorrendo durante este processo. Só se percebe quando algum dente envolvido nesta condição começa a apresentar mobilidade, ou seja, quando o dente fica mole.

Cuidados com a Gengiva
Como Cuidar da Gengiva

Higienização da Boca

Para a prevenção da cárie e da doença periodontal (gengivite e periodontite), é necessário que se faça uma completa remoção da placa bacteriana, através de uma correta escovação. Para higienização, é recomendado consultar o dentista para informar-se qual a melhor escova dental para cada caso. A escovação deve ser feita de 2 a 3 vezes ao dia.

Fio Dental

O uso do fio dental é essencial, pois remove a placa bacteriana e alimentos que ficam entre os dentes e abaixo das gengivas, onde a escova não pode alcançar. Utilize o fio dental uma vez ao dia.

Utilize o fio dental da seguinte forma: Enrole aproximadamente 50 cm de fio dental nos dedos médios, segurando-o com o polegar e o indicador. Passe o fio dental esticado entre os dentes, nos sentidos horizontal e vertical alternadamente. Penetre um pouco o fio na gengiva e deslize-o em movimentos suaves. Logo no início, passar o fio dental pode parecer um tanto incômodo. Mas insista! Com apenas um pouco de paciência e um pouco de prática, isto se tornará tão natural como escovar os seus dentes.

Cremes Dentais

Como auxiliar na escovação temos as pastas dentais. Estudos na literatura científica demonstraram que a efetividade da remoção de placa bacteriana é 70% maior quando se usa as pastas dentais. A escolha de uma pasta dental é muito importante, mas sempre siga a orientação do seu dentista para saber qual é recomendada.

Enxaguatórios Bucais

Como auxiliar também na escovação, existem os enxaguatórios bucais, que devem ser utilizados durante o tratamento odontológico, de acordo com a prescrição feita pelo dentista e que, de acordo com o quadro clínico, orientará quanto à forma e ao tempo de uso.

Os enxaguatórios bucais são substâncias químicas que atuam nas bactérias presentes na cavidade bucal, sendo utilizados para auxiliar no controle e na redução da formação da placa bacteriana.

Caso não esteja fazendo um tratamento, os enxaguantes bucais devem ser usados com critério, de 2 a 3 vezes por semana.

Além disso, é importante frisar que os enxaguatórios são produtos coadjuvantes no combate à placa bacteriana. Eles não substituem de maneira alguma o uso da escova de dentes e nem o fio dental!

Cuidados com a Gengiva
Alimentação

A dieta é muito importante para a prevenção de doenças gengivais, além de ser essencial na nutrição dos maxilares, tecidos gengivais e dentes.

O excesso de açúcares e bebidas ácidas, como os refrigerantes, podem desmineralizar os dentes. O açúcar também colabora significativamente na formação da placa bacteriana. Portanto a ingestão do açúcar (carboidratos) deve ser controlada. Caso coma muito doce, o ideal é fazer uma escovação para evitar que esse açúcar fique na boca por muito tempo.

Visita ao dentista

Essa é a maior prevenção que se pode fazer, pois o dentista vai fazer uma avaliação completa para saber a condição da sua saúde bucal.

A limpeza dental (profilaxia) realizada pelo dentista no consultório odontológico é extremamente importante, pois caso a placa bacteriana se acumule e endureça na superfície do dente, formará o tártaro e apenas o dentista poderá removê-la.

Cuide da sua gengiva e de seus dentes, sua saúde agradece!