Meu Twitter

quinta-feira, 3 de março de 2016

Para Deus não existe Impossível

Abraão... perante aquele no qual creu, a saber, Deus, o qual vivifica os mortos e chama as coisas que não são como se já fossem

(Romanos 4:16-17).

O DEUS DO IMPOSSÍVEL
Resumidamente, Abraão acreditava que Deus poderia fazer o impossível, coisas que, de acordo com a nossa experiência limitada, não podem acontecer. A Bíblia contém inúmeros relatos de milagres:

Uma grande nação atravessou o Mar Vermelho em terra seca, enquanto as paredes de água se acumularam à direita e à esquerda.

Por um dia inteiro o sol permaneceu no céu e não se pôs.

O profeta Jonas, para citar um terceiro exemplo, foi engolido por um grande peixe e vomitado ileso três dias depois em terra.

Muitos se recusam a acreditar nessas coisas; pensam que essas histórias vão longe demais. Ao pensar assim, manifestam o seu juízo sobre a credibilidade da Bíblia. Na opinião deles, não vale a pena qualquer outra ocupação de sua parte.

Devemos, no entanto, considerar uma coisa: Deus não remove esses obstáculos do intelecto do homem. Abraão não era um homem simplório. Ele tinha se familiarizado com o nosso grande Deus pessoalmente. Se o Todo-Poderoso, Deus eterno, que ele conhecia, está além da compreensão do homem, que não está sujeito a quaisquer limitações e é infinitamente sábio, então Suas relações devem ter as mesmas características.

Relatórios factuais das testemunhas da intervenção extraordinária de Deus no curso normal dos acontecimentos, tal como consta na Bíblia, indicam a existência real do Todo-Poderoso, Deus vivo. Qualquer limitação, mesmo que seja apenas na experiência ou no pensamento, é inteiramente do lado do homem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Concordo, Não concordo, Importante,